1 – Pares de Moedas do Forex

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

1 – Pares de Moedas do Forex

Pares de Moedas do Forex: Que cada país possui sua própria moeda, disso todos nós sabemos e não é novidade para ninguém. Com exceção daqueles pertencentes ao chamado Bloco do Euro, todas as nações do mundo possuem seu dinheiro próprio, sua Casa da Moeda, seu Banco Central, seu papel-moeda desenhado da forma que eles preferem, e por aí vai. E quando olhamos para o Mercado Forex, percebemos que as diferenças entre as unidades monetárias nacionais são ainda maiores, pois alguns possuem maior importância e relevância que outros.

WhatsApp Image 2021 01 20 at 13.00.34

2 – Principais Pares de Moedas do Forex 

Algumas moedas, por representarem economias mais fortes no mercado internacional, possuem muito mais relevância nas negociações Forex que outras, e portanto, são muito mais presentes nos pares de moedas do forex. 

Vamos começar com o Dólar Americano. A moeda mais negociada do mundo não poderia ser outra, afinal se trata do país mais poderoso do mundo, não só se tratando do cenário socioeconômico, mas de vários outros setores (econômico, político, diplomático, militar, cultural, etc.). Só por esse fator, dá para entender que a moeda estadunidense é de longe a moeda mais importante no cenário Forex. Não é à toa que os pares que envolvem o USD são sempre os mais escolhidos na hora de negociar. 

Outras moedas que são bastante negociadas no mercado cambial são a Libra Esterlina (moeda do Reino Unido), o Iene Japonês (moeda do Japão), o Dólar Canadense (moeda do Canadá), o Franco Suíço (Moeda da Suíça), o Dólar Australiano (Moeda da Austrália) e o Dólar Neozelandês (moeda da Nova Zelândia). E, claro, não podemos esquecer do Euro, a maior moeda em circulação do mundo, já que abrange mais 440 milhões de cidadãos de diversos países pertencentes à União Europeia, como França, Alemanha, Espanha, Itália, Portugal, Holanda, Bélgica, Irlanda, Grécia, entre vários outros. 

Se repararmos bem, veremos que todos esses países são considerados potências econômicas e, portanto, são países que possuem considerável relevância no mercado mundial. Vale lembrar que, por conta do mercado comum e da moeda comum (Euro), os países europeus pertencentes à União Europeia não podem ser vistos individualmente pelo mercado forex, mas como um grupo único. 

Vale destacar que existem outras moedas que podem ser negociadas, mas que possuem relevância reduzida no mercado. Normalmente pertencentes de países emergentes, são moedas que possuem menor relevância nas negociações, e por isso, geram menos impacto no mercado cambial. Alguns exemplos de moedas emergentes são o Peso Mexicano (moeda do México), o Peso Argentino (moeda da Argentina), o Dólar de Cingapura (moeda de Cingapura), o rand (Moeda da África do Sul), além da nossa moeda nacional, o Real. 

3 – Quais são as siglas das moedas? 

Como podemos ver, existem muitas moedas que são negociadas no Mercado Forex, mas tendo tanta moeda com nome parecido (sobretudo os Dólares), pode causar confusão nos investidores na hora de negociar. É por isso que os nomes das moedas são sempre substituídos por siglas de 3 letras, exatamente para facilitar a vida dos investidores na hora de escolher qual unidade monetária ele irá escolher. 

As siglas são formadas por 3 letras: as duas primeiras representam o nome do país em inglês, e a última letra representa o nome da moeda, também em inglês. Exemplo: USD, que representa o Dólar Americano – US vem de United States (Estados Unidos), e o D vem de Dollar (Dólar), e essa regra também se aplica para os países que possuem o Dólar como sua moeda: CAD para Dólar Canadense, AUD para Dólar Australiano e NZD para Dólar Neozelandês. É sempre bom lembrar que, ainda que todas essas moedas citadas se chamem Dólar, são moedas completamente diferentes. 

A moeda britânica é mostrada como GBP, cuja sigla se dá por GB (Great Britain – Grã Bretanha) e P (Pound – Libra Esterlina), da mesma forma que a moeda japonesa é representada como JPY (JP para Japan e Y para Yen – Iene). A exceção das siglas é o Euro, que é representada por EUR.

Outros exemplos de siglas: CHF (Franco Suíço), ZAR (Rand Sul-Africano), ARS (Peso Argentino), SAR (Riad Saudita), MXN (Peso Mexicano), SGD (Dólar de Cingapura) e BRL (Real Brasileiro), dentre outros pares. 

Leia Mais

média móvel

1 – Suporte e Resistência: O Que São?

Observando os gráficos diários, é possível perceber que existem regiões que determinam o comportamento do par de moedas em um determinado período.